Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

aguadouro

aguadouro

31.Jul.17

OS "BRAVOS " DOS PINHAIS INTERIORES

Júlio Cortez Fernandes
Não esqueço esforçados trabalhadores do tempo de menino,personagens importantes da Pampilhosa durante o século passado: os resineiros.Quando chega o verão os incêndios aparecem, retorna  imagem dos "povoadores do pinhal", onde com sangue suor e lágrimas arrancavam sustento das famílias, sujeitos a desenfreada exploração. Determinadas terras onde passo, é hábito perpetuar no espaço público, ofícios e ocupações que marcaram a história das localidades, pescadores, (...)
18.Set.16

O Monumento Dedicado a Evocação de "CRISTO REI"

Júlio Cortez Fernandes
Quem chega A vila da Pampilhosa da Serra,transitando pela antiga estrada nacional 344,vindo das bandas de Pedrogão Grande ou Oleiros , via Alvaro,depara  na grande curva, entrada do burgo, um monumento de considraveis dimensões, no cimo levanta-se imagem de Cristo. O espaço envolvente está  impecavelmente cuidado pelos serviços da Câmara Municipal do Concelho.Num  bancos do pequeno largo onde  costumo descansar enquanto contemplo o casario da vila,dei comigo meditando acerca (...)
26.Set.13

Pampilhosa da serra roteiro dum futrica IV

Júlio Cortez Fernandes
Demorem-nos um pouco mais ainda no "barreiro", há muita coisa, a bulir na nossa memória. Na zona do barreiro, chegada ao Couço no caminho para S. Martinho próximo dos "cortinhais" ficava a casa da Ti Maria Angélica, de quem me lembro. Contígua morava a Ti Maria Cortez, casada com o Ti César Antão, era sobrinha do meu avô Augusto Cortez, algumas ocasiões, franqueei a casa, deliciava-me com a vista a partir da varanda. Um pouco adiante, numa grande casona  habitava a Ti Maria da (...)