Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

20.Mai.21

EM TEMPO DE CARESTIA FESTA NUMA ALDEIA ABASTADA

Júlio Cortez Fernandes
Malhadas da Serra, aldeia alpestre do concelho de Pampilhosa da Serra,como já escrevi em diversas ocasiões, depois da introdução da cultura do milho, nesta região, em finais do século XVIII,seria terra de boa produção daquele cereal.Abundância de agua,  exposição a Sul, das lombas e barrocas, eram  razão de tal facto. Cumpre-se agora um centenário,decorria 1921, dia 15 de Maio, domingo do Divino Espírito Santo, realizou-se, festa da aldeia em honra do padroeiro, (...)
14.Mai.20

O ÚLTIMO CAUDILHO DA MONARQUIA - NA VILA E CONCELHO

Júlio Cortez Fernandes
No dia 16 de Dezembro de 1909, pelas dez horas da noite, faleceu na Vila de Pampilhosa da Serra, o derradeiro chefe político do Partido Regenerador, no Concelho. Após doença persistente, no entanto de modo repentino, António Carlos Nunes, notário, aposentado cerrava para sempre os olhos, no aconchego de sua casa na vila. Havia sido ao longo da vida político influente, e pessoa de  mérito. Com a sua morte a Pampilhosa perdia um dos seus mais acérrimos defensores, desvelado amigo (...)
08.Mar.20

PERSONAGEM SINISTRA DA HISTÓRIA DA VILA - O CORVO

Júlio Cortez Fernandes
O povo das montanhas do concelho de Pampilhosa da Serra, sofreu não só  agruras de viver em terra inóspita longe de tudo, e cuja riqueza florestal foi delapidada sem rei nem roque;sentiu, igualmente, mão férrea e despótica dos poderosos, que oprimiam  vexavam, extorquindo, foros mais pesados que  jugo de canga . Nos séculos XVII e seguinte,  "paupérrima" vila da Pampilhosa sofreu  tirania de  senhor da terra,  tudo podia e tudo fazia.    Poderia começar pelo costumeiro (...)