Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

18.Jun.21

INTERESSANTE FONTE DE INFORMAÇÃO HISTÓRICA

Júlio Cortez Fernandes
De onde menos se espera, surgem ocasionalmente, elementos  permitem ter mais adequada percepção do ambiente social económico determinada região em dada época. No caso consulta de simples horário da carreira de camionagem ligando a Vila de Pampilhosa a estação de caminho de ferro da Lousã, possibilita com veracidade conhecer alguns factos relevantes, O tempo necessário para percorrer distancia de 50 quilómetros 3 horas e 30 ou 35 minutos, demonstra, estado degrado da estrada, (...)
21.Abr.21

QUANDO COMEÇOU DESENVOLVIMENTO DE UM SITIO MITICO DA SERRA

Júlio Cortez Fernandes
 Catraias ou vendas,foram surgindo, na beira das estradas, principalmente em solitárias e ermas paragens, longe de aldeias ou outras povoações. Nas montanhas da Pampilhosa, na  fronteira das freguesias da Vila, e  Pessegueiro,surgiu por volta começo do século XX; conjunto de casas, onde terminava a estrada nacional em construção, destinada a ligar, Foz de Arouce a Malpica do Tejo, passando pela Vila, e demorou cem anos a concluir. Primitivamente, o sitio com agua abundante, e (...)
17.Jan.21

EPOCA DE GRANDE MOVIMENTO NA VILA

Júlio Cortez Fernandes
  A conclusão da estrada nacional,até a Vila, em 1932, e quinze anos seguintes, foram tempo de assinalável dinamismo nos negócios, realizados na sede e em todo território concelhio. O mercado quinzenal, passou ser dos mais concorridos da região, ao qual afluía gente dos concelhos vizinhos,onde se vendiam toda a espécie de produtos, e artigos, era usual afirmarem, " quem tiver dinheiro mo mercado da Pampilhosa encontra de tudo ". A feira de gado bovino, passou a ser famosa, (...)
07.Nov.20

MEMÓRIAS DA ALDEIA DAS MALHADAS DA SERRA

Júlio Cortez Fernandes
Malhadas da Serra, aldeia da freguesia de Pessegueiro, concelho de Pampilhosa da Serra; faz parte do rol de gratas lembranças lembranças do meu tempo da infancia. O nosso avô Augusto Cortez,muitas ocasiões esteve ou passou por lá.Recordo certa altura, contou-me foi a Lousã a pé, visitar minha mãe, ainda criança, ali se encontrava na casa de parentes em  convalescença e tratamento nos Hospitais da Universidade de Coimbra, de  grave enfermidade.E para ir vir no mesmo dia (...)
30.Ago.20

CONTRA VONTADE DO PÁROCO - FESTA DO 15 DE AGOSTO ACONTECEU SENDO UM SUCESSO

Júlio Cortez Fernandes
O verão de 1943, foi período de afirmação da vitalidade e influencia da Igreja Católica, na sociedade do Município de Pampilhosa da Serra. O congresso eucarístico realizado, em Julho, levou a vila multidão calculada em 5000. pessoas,nunca  haviam presenciado nada semelhante. O pároco  Padre Américo Braz da Costa, prior da freguesia grande obreiro do acontecimento, justamente felicitado pelo Senhor Bispo-Conde de Coimbra, D. António Antunes; talvez com um pouco de vaidade , (...)
24.Jun.20

HÁ 80 ANOS ERA ACONSELHÁVEL MARCAR LUGAR NO TRANSPORTE PARA A VILA... HOJE

Júlio Cortez Fernandes
Tenho acompanhado as diligencias que alguns patrícios tem promovido , no sentido de repor indispensáveis transportes públicos,para servirem quem vive ou deseja visitar a vila de Pampilhosa da Serra. Curiosamente,encontrei, prospecto, distribuído por altura das festas do 15 de Agosto,celebradas na vila, decorria  ano de 1940. Na simplicidade  da informação,podemos encontrar referencias interessantes, para aquilatarmos  situação social e económica da nossa região , naquela (...)
27.Mai.20

EPISÓDIO QUE LEVOU ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR...AOS "ARAMES"!

Júlio Cortez Fernandes
Em Março de 1933, domingo dia 19, dedicado a São José, festa na localidade de Aldeia Cimeira, realizou-se por todo país, plebiscito da nova Constituição da República Portuguesa. O ambiente político na vila de Pampilhosa da Serra, estava agitado, devido acção dos democratas republicanos, que estavam em desacordo com o texto Constituição proposto, porque nele se estipulava proibição de partidos políticos e Parlamento eleito democraticamente. A actividade dos  políticos, (...)
18.Mai.20

FESTA ONDE FORAM PROIBIDOS COMPARECER OS MEMBROS DO GOVERNO

Júlio Cortez Fernandes
Domingo 28 de Setembro de 1947, na vila de Pampilhosa da Serra, as ruas  pelo movimento pareciam artérias de uma grande cidade, cheias de povo vindo de todas as freguesias do concelho. Tudo abrilhantado por três bandas de música da Pampilhosa, Lousã e do Prado. O burgo, embandeirado e ornamentado com arcos de verdura, apresentava  ar de festa, como nunca tivera! A autoridade de maior relevância política presente, foi o Governador Civil do Distrito de Coimbra, Engenheiro (...)