Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

01.Mar.21

HISTÓRIA DO TEMPO DA RESINAGEM

Júlio Cortez Fernandes
Desde começo década de 1930, começou no concelho de Pampilhosa da Serra, aquilo podemos chamar período áureo da industria da resinagem,actividade deu trabalho a muita gente,exigia esforço e canseiras,de tal modo hoje poucos imaginam. A tarefa de recolher a gema,vertida das feridas do tonco do pinheiro, para  púcaro de barro,fabricado numa ceramica sediada em Coja, concelho de Arganil, das mais árduas; resina transportada em " ferradas " para barris colocados, nos sitio (...)
08.Jun.20

TRÁGICA MORTE DO SENHOR PRIOR DA PAMPILHOSA

Júlio Cortez Fernandes
No ano de 1912, Pampilhosa da Serra, seria palco de acontecimentos  marcaram a história da Vila. Confesso quando nas  pesquisas deparei com tal ocorrência, havia decidido, ficaria reservada para mim  a sequencia vertiginosa dos factos verificados naquela época. Talvez influenciado por este tempo estranho e raro da pandemia,decidi,partilhar; mesmo havendo gente,não aprecia o meu trabalho, outros existirão, da leitura do que escrevo, recebem algum contentamento. O mês de (...)
27.Mai.20

EPISÓDIO QUE LEVOU ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR...AOS "ARAMES"!

Júlio Cortez Fernandes
Em Março de 1933, domingo dia 19, dedicado a São José, festa na localidade de Aldeia Cimeira, realizou-se por todo país, plebiscito da nova Constituição da República Portuguesa. O ambiente político na vila de Pampilhosa da Serra, estava agitado, devido acção dos democratas republicanos, que estavam em desacordo com o texto Constituição proposto, porque nele se estipulava proibição de partidos políticos e Parlamento eleito democraticamente. A actividade dos  políticos, (...)
18.Mai.20

FESTA ONDE FORAM PROIBIDOS COMPARECER OS MEMBROS DO GOVERNO

Júlio Cortez Fernandes
Domingo 28 de Setembro de 1947, na vila de Pampilhosa da Serra, as ruas  pelo movimento pareciam artérias de uma grande cidade, cheias de povo vindo de todas as freguesias do concelho. Tudo abrilhantado por três bandas de música da Pampilhosa, Lousã e do Prado. O burgo, embandeirado e ornamentado com arcos de verdura, apresentava  ar de festa, como nunca tivera! A autoridade de maior relevância política presente, foi o Governador Civil do Distrito de Coimbra, Engenheiro (...)
13.Dez.19

UM DIA TRISTE NA HISTÓRIA DA VILA

Júlio Cortez Fernandes
 Ano de 1940,época de grandes celebrações nacionais, malfadado vexatório triste para a Vila de Pampilhosa da Serra.Em texto publicado, haverá um lustro,demonstrei intenção do  regime Salazarista, extinguir o concelho pampilhosense, decreto de 25 Abril daquele ano, que colocou sob tutela do estado, o Município é prova. Confesso, não fazia ideia do desprezo e arrogância, da ditadura, e Câmara de Arganil, em cujo domínio seria integrado o nosso território, trataram a nossa terra. Sucin (...)
04.Set.19

EVOCANDO FIGURA GRADA NA PAMPILHOSA DA NOSSA INFÂNCIA

Júlio Cortez Fernandes
Certas ocasiões , sem fazer por isso acontecem coisas  trazem a memória factos que pensava definitivamente esquecidos. Parece mentira. Há para ai uma semana, remexendo papeis que já comecei a destruir, porque há um fim para tudo. Num numero do Jornal da Comarca de Arganil de 1989, no obituário li noticia que refrescou as minhas lembranças. Devia ser nos inicio da década 1950.tempo de brincadeiras e travessuras; quando permanecia em Vale Covo, sempre surgia no negrume da (...)