Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

19.Mar.21

FESTA DE SÃO JOSÉ

Júlio Cortez Fernandes
Lembro meu pai quase todos dias, por isso, hoje além de evocar com  ternura a sua memória e com alguma mágoa, não posso recolher-me em silêncio, perante a última morada no cemitério da Pampilhosa onde guardamos seus restos mortais, desde modo, decidi assinalar acontecimento relativo a este dia. Ao tempo deveria ter seis anos de idade, e assisti com a avó Emília, à festa de São José na Aldeia Cimeira, terra da sua naturalidade. O avô Augusto, ficou em Vale Covo porque era (...)
14.Nov.20

A PANDEMIA DE 1918

Júlio Cortez Fernandes
O tempo de angustia e temor que estamos vivendo, tem muitas "parecenças", com que enfrentaram  nossos antepassados em 1918,também de meados de Outubro a final de Novembro do mesmo ano. No território de Pampilhosa da Serra, a "parca" como apelidaram a epidemia de gripe pnemonica,ou gripe espanhola,causou nas povoações do concelho, centenas de mortos. Um nosso antepassado, talvez por razões genéticas felizmente, não foi atacado pelo vírus, sendo requisitado, para auxiliar (...)
21.Ago.19

AMIZADES ALDEÃS

Júlio Cortez Fernandes
A ideia que habitantes das serranias do Concelho de Pampilhosa da Serra, nutriam sincera amizade uns pelos outros , é uma convicção lendária sem fundamento. No recuado tempo do inicio da debandada em busca de melhor vida, o bom relacionamento dos serranos confinava-se a povoação onde residiam.Os conflitos entre aldeias ou entre estas e os da Vila, eram frequentes e quase sempre levavam a vias de facto.  Comigo passou episódio com mais de 60 anos: quando acompanhei avó materna (...)