Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

16.Abr.20

PROCISSÃO INÉDITA NA VILA

Júlio Cortez Fernandes

Confinado,parece capacidade recordar factos ocorridos em tempo já longínquo,ganha mais acuidade.

Outubro de 1959, imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, passou pela Paróquia de Pampilhosa da Serra , onde permaneceu durante uma semana,na qual se realizaram na vila, e toda a freguesia,actos de oração e pregações em honra  da Virgem de Fátima.

Com  presença dos Bispos da Diocese de Coimbra, celebrações apesar das condições climatéricas terem sido adversas; choveu muito e a ventania  causou estragos nas ornamentações, e iluminação que alindavam as ruas , nada arrefeceu  entusiasmo e devoção mariana do povo .

Quinta-Feira 8 de Outubro,apesar dos cerrados aguaceiros, intermitentes, realizou-se procissão das velas, além dos fieis no cortejo havia traços luminosos de velas , nas janelas , nos muros, em todo lado,  espectáculo feérico na noite escura foi deslumbrante.

A procissão percorreu trajecto inédito; não sei se voltou alguma vez mais  ocorrer.Saindo da Igreja Matriz, a imagem de Nossa Senhora de Fátima,passou pela rua Rangel de Lima, até ao ribeiro, seguindo a praça, rua da Quinta,rua do Pedregal, subindo depois a Misericórdia, chegando ao Barreiro, passou perto  da casa do nosso avô João Carloto, já na altura,incapaz de ir a igreja , chorou comovido quando imagem parou junto a oliveira onde sentado esperava  a procissão. Até ao fim nunca esqueceu esse  momento.

Cortejo avançou para  Rua do Calvário na Burrieira, desceu  Rua de São Pedro,  na casa branca, voltou direcção Misericórdia, passou frente a casa do Ti Zé Dias, na Praça , seguiu para lado  casa de José Augusto Barata, direito a Aldeia Velha, eira de Santo António, atravessando a Ribeira , nas passadoiras de Santo António. numa ponte de madeira , construida para o efeito, rumando a Foz da Moira, estrada de Coimbra, Avenida , largo do Mercado, São Pedro, Rua do Perrinho, de novo largo da Feira,até a igreja , onde tudo se concluiu com vibrante aclamação da multidão .

Foi tal  impressão causada; durante muito tempo se não falava de outra coisa na vila de Pampilhosa da Serra, nunca tal procissão se fizera. Diziam Nossa Senhora , merece tudo.E assim foi....

Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima.

ave.jpg