Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

25.Jul.21

PAMPILHOSA TERRA DE " FENÓMENOS "

Júlio Cortez Fernandes

Na memória das gentes  de pequenas comunidades,é possível encontrar referencias a episódios, pitorescos, despretensiosos; mesmo assim, por constituem raridades, faz bem de vez enquanto, reviver...

Durante alguns anos, a vila do Entroncamento,Município na antiga província do Ribatejo, deve o nome a construção do caminho de ferro; nesta terra, eram gerados produtos agrícolas de tamanho inusitado, causavam espanto. Por via disso vulgarmente, passaram a denominar tais colheitas  " fenómenos do Entroncamento ".

Na Vila de Pampilhosa da Serra,no ano de 1943, ocorreu episódio semelhante, que deu brado na Vila, até a nível nacional, porque foi noticia, em jornais  de grande circulação .

Sucintamente, poderia começar : nesse tempo , numa propriedade agrícola, popularmente designada " horta " ou " fazenda ", pertencente a um conterrâneo, Sr. José Dias de Almeida,alfaiate e barbeiro, com estabelecimento na Pampilhosa, conhecido pelos vizinhos " Ti Zé Dias ", e situada na barroca ou Vale da Fonte,nos arredores do burgo,cerca de dois quilómetros distante, junto a antiga estrada nacional 112,na direcção de Castelo Branco.

Nessa horta, do Ti Zé Dias, criou-se um nabo de características invulgares. segundo rezam as crónicas a cabeça do nabo , pesaria,4,70 kg, teria de perímetro 0,80 cm e medindo da extremidade da cabeça, a ponta das folhas, 1,3 mts.

O fenómeno ocorreu ainda eu não havia nascido; foi tão falado que alguém por certo deve ter fotografado o " nabão ".

Confesso gostaria poder encontrar tal foto. Quem sabe?

Fica provado nesse tempo a terra das hortas na Pampilhosa, produziam nabos como devem ser grandes e avantajados.

Hoje infelizmente, os terrenos cansados e pouco amanhados, geram nabos, pequenos; enfim, tempo de grandes nabos já acabou por estas bandas. Actualmente colhem-se deste tamanho...

annnab.JPG