Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

06.Set.20

ORIGENS SPORTINGUISMO NA PAMPILHOSA DA SERRA

Júlio Cortez Fernandes

Existe na Pampilhosa, casa do Benfica,construida  pela vontade e persistência dos benfiquistas da vila , um dos mais entusiasta,  querido amigo Alberto Marques, para mim sempre,  Alberto a Ti América, infelizmente falecido,

Apesar disso numero dos que "torcem " pelo Sporting, parece ser mais numeroso,  há razão de ser;  tudo começou com acontecimento ocorreu em 17 Outubro de 1948.

Nessa época  a quinta jornada do campeonato nacional futebol primeira divisão,  Benfica ainda invicto, deslocava-se a cidade da  Covilhã e  defrontar  Sporting local , havia subido a primeira divisão, precisamente naquele ano.

 Entusiasmo enorme,  Estádio Santos Pinto, iria registar, maior enchente de sempre. O clube covilhanense perante um dos grandes futebol nacional , pretendia , justificar  subida,  os encarnados de Lisboa, desejavam manter-se invictos,

Na Pampilhosa da Serra; vivia-se ambiente de fervor regionalista, relativamente a província da Beira Baixa, onde o concelho havia sido integrado, não tendo  saído do distrito de Coimbra , porque  elite Coimbrã se opunha.Os pampilhosenses esperavam com expectativa eminente  inauguração da ponte rodoviária sobre  Rio Zêzere , na aldeia  Cambas, permitindo  ligação por estrada a capital da província , desejando, depois disso, pertencer  administrativamente, ao   distrito de Castelo Branco.

Não admira perante dérbi na Pampilhosa apesar do Benfica ser muito popular, se vivesse ambiente favorável ao Sporting da Covilhã , único representante  da Beira Baixa,  " por conseguinte da nossa província " como  afirmava o povo da nossa terra.

O desafio seria seguido através  relato da  Emissora Nacional de Radiodifusão, escutado na telefonia no estabelecimento do comerciante e barbeiro Zé Dias, popular figura da Vila , onde todos  Domingos se reuniam  adeptos futebolistas do burgo.

O resultado final, seria Covilhã 1- Benfica 0. Escusado dizer, verificou-se onda de entusiasmo, não só  na Beira Baixa, mas também em todo Portugal.Os da Covilhã passaram  ser conhecidos  " Leões da  Serra"; dada rivalidade entre os clubes lisboetas, gerou-se, igualmente , forte de simpatia ao Sporting Clube de Portugal; curiosamente, ganharia no estádio José Alvalade, nesse mesmo dia, 12 a 1 ao Boavista. 

 Escreveu ,  ilustre e nosso  imortal patrício , Dionísio Mendes , no Jornal de Arganil :

Causou grande decepção entre os numerosos simpatizantes do glorioso e popular Sport Lisboa e Benfica, o facto da equipa de honra,que vinha fazendo uma carreira triunfante, ter sido batida pelos « Leões da Serra ". Coube agora  o infortúnio ao Benfica...já agora  permitam-me  que eu augure  igual sorte  a todos os clubes  que passem lá pela  «Serra », e com isso só temos de nos orgulhar" 

Deste modo,  fervor  de simpatia " leonina "  acentuou-se na Vila de Pampilhosa da Serra; tal qual  imprensa  proclamava:

covilh.jpg