Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

11.Ago.21

MARCHA DAS TROPAS DO CORONEL LECOR-1810

Júlio Cortez Fernandes

A Guerra Peninsular, ou período tal como passou a história, conhecido por  "invasões francesas", também apoquentou directamente as gente da vila e seu termo.

Setembro de 1810, coronel Carlos Frederico Lecor, comandante da Beira Baixa, estando com o grosso da sua tropa,aquartelado no Fundão; antes até receber ordem do comandante em Chefe do exercito anglo-luso,Sir Arthur Weliesley, duque de Wellington,decidiu avançar em direcção ao Buçaco, onde dia 29 Setembro, havia de travar-se a celebre batalha, homónima:

O coronel Lecor, sabia teria por missão a defesa da ponte da Mucela, sobre  rio Alva. Partindo do Fundão em marcha forçada pelas serranias de Pampilhosa da Serra, em direcção ao Espinhal, próximo de Penela, de onde avançou para Mucela.Comandava  4800 homens,  atravessaram a Vila, vindos do lado do Cabril.Carlos Frederico Lecor, chegou a comandar exercito aliado, na campanha em França.

Posteriormente partiu para o Brasil, sendo cidadão brasileiro apos a independencia em 1822; e figura importante da história brasileira.

Como em todos os conflitos os soldados, apesar de serem Portugueses, pilharam de passagem tudo o que podiam , também violentavam mulheres, não respeitando, nada e ninguém. A soldadesca em tempo de guerra, as vezes é pior que o inimigo.

Foi tão devastador e terrível que ficou na memória dos povos, atribuíam os males causados, a " franceses " afinal eram soldados do Reino .

Aspecto da praça principal da Pampilhosa em 1911, imaginemos como seria um século antes...

belisarioggg.png