Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

18.Jul.19

HORTAS DA VILA - " QUINTA DAS RELVAS --VELHAS "

Júlio Cortez Fernandes

O declínio demográfico e consequente desertificação , conduziram ao desaparecimento de importantes propriedades agrícolas, algumas de origem feudal,onde gerações de caseiros constituíram familia, e com trabalho árduo contribuíram para abastança dos donos da terra.

A cerca de três quilómetros do centro da Vila de Pampilhosa da Serra, existiu até aos anos setenta do século passado , opulenta Quinta das Relvas Velhas.Situada ao fundo da aldeia de Moradias,  pertença de importante família Cardoso oriunda da antiga vila de Fajão. O ultimo donatário  ainda conheci foi o Sr. Reis Campos, funcionário da Câmara Municipal, casado com Dona Lúcia, uma " menina das Malhadas da Ribeira " filha de Jaime Dias de Carvalho , ( Jaime das Malhadas ).

Aquilatar-se a importância desta " horta ", refiro  facto relevante nela teve lugar,no já distante ano de 1964, no inicio do mês de Outubro, realizou-se na igreja matriz de Pampilhosa da Serra, um casamento cujo noivo , natural da Vila  teve como padrinhos o casal Reis Campos e Lúcia Dias de Carvalho ; eram  donos da quinta, assim após o acto religioso foi servido " lauto almoço na quinta das Relvas Velhas , subúrbios desta vila"

Resta acrescentar a propriedade seria vendida ainda em vida dos proprietários a empresa de celulose que plantou toda a " herdade " com eucaliptos, antiga casa ainda existe e parece ser utilizada pelos novos " senhores ".