Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

29.Set.20

FADISTA CANTOU A ALDEIA DE CARVOEIRO

Júlio Cortez Fernandes

Vieram hoje a lembrança,factos pensava estarem definitiva e irremediavelmente afastadas da memória.Felizmente não comandamos estas coisas.Idos do final anos 1950, talvez 1959, não posso precisar.

Nesse tempo meus pais haviam comprado um aparelho de radio, nos Armazéns Cancela, entidade fornecia a prestações tudo o que os mal pagos funcionários públicos de então, precisavam para vestir e para o lar.

A telefonia de reputada marca alemã, passou a ser usada por mim para ouvir nas ondas curtas, que sintonizava num botão lateral do parelho, as emissões da Rádio Moscovo, das radio Tirana e Argel,  também da BBC, onde escutava noticias sobre Portugal, aqui eram proibidas pela censura; comecei a ter no bairro onde morava fama de elemento subversivo.

Além disso havia uma emissão  transmitida pelos Emissores Associados de Lisboa, as quintas feiras,horário 19,30, com nome ondearte, nela um fadista de nome António Madeira, proprietário das Sapatarias Madeira em Almada, patrocinador do programa, cantava fados, alguns dos quais, falavam do Carvoeiro concelho de Pampilhosa da Serra.Encontrei por acaso, mas esta particularidade, transformou-me num ouvinte assíduo.

Nunca soube qual seria origem da ligação do fadista com a aldeia; todavia recordo quadras de um fado que cantava, acerca daquela localidade, Aqui vai : 

VEJO SERRAS VEJO MONTES 

LÁ EM BAIXO A RAMALHEIRA

E ÁGUA DAS TUAS FONTES

A CORREREM PARA A RIBEIRA

 

 CHEGA O VERÃO E POR FIM

FLORESCEM AS PAPOILAS

JUNTO AO SENHOR DO BONFIM

DANÇAM BONITAS MOÇOILAS 

Recordar é viver , espero ainda algum dos leitores também lembre destas coisas 

P3143936.JPG

P3143933.JPG

 

                       

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.