Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

15.Abr.21

CAPELAS E ORAGOS DA FREGUESIA DO CABRIL NO COMEÇO DO REGIME REPUBLICANO

Júlio Cortez Fernandes

A freguesia de São Domingos do Cabril,pertence desde fundação do Municipio, ao Concelho de Pampilhosa da Serra,situada em terreno alcantilado, pedregoso escarpado e hostil, coroado por imponente penedia,  dessa característica provém o topónimo.

No período inicial do regime republicano,existiam na paroquia, além da igreja matriz, na sede da freguesia, encontravamos, capelas de Nossa Senhora das Dores, e de Santa Apolónia.No restante território,nesse tempo,foram referidas as seguintes : 

 Lugar do Armadouro, capela dedicada ao Senhor dos Milagres; na povoação da Foz do Ribeiro, capela de Santo António, aldeia de Sanguessuga, capela da evocação de Nossa Senhora da Conceição.

 Povoação de Praçais, capela dedicada a São Tiago; finalmente no lugar do Vale Grande capela de Nossa Senhora das Febres.

Curiosamente, um dos grandes impulsionadores, da ampliação e restauro da capela do Vale Grande no seculo XIX;  Padre Moradias, havia ingressado no sacerdócio depois de enviuvar, viveu algum tempo, na barroca das Botelheiras, em Vale Covo, perto da Vila.

Ainda recordo meu avô materno, designar o edifico, depois pertenceria aos herdeiros da nossa tia-avó, Generosa Cortez; " casa do Padre Moradias ".

Foi pároco do Cabril, nosso antepassado Padre Francisco Cortez, igualmente, paroquiou Pessegueiro, e cura coadjutor, na Igreja da Pampilhosa.

Uma vista do Vale Grande, obtida a partir do miradouro dos penedos da barragem de Santa Luzia

avale grande 11144.jpg