Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

aguadouro

aguadouro

19.Jul.19

NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS DA IGREJA MATRIZ

Júlio Cortez Fernandes
A igreja Matriz de Pampilhosa da Serra , da evocação de Nossa Senhora do Pranto,ardeu completamente num pavoroso incêndio, em 1907. Dessa tragédia salvaram-se os parcos pertences do antigo templo,de aspecto e recheio muito pobre.A única imagem  agora posso confirmar  se " salvou " a de Nossa Senhora dos Remédios, padroeira dos pobres e remediados. A venerando sacra estatutária, adorna ainda hoje um  altares do templo. Conclui nas minhas pesquisas, Nossa senhora dos (...)
18.Jul.19

HORTAS DA VILA - " QUINTA DAS RELVAS --VELHAS "

Júlio Cortez Fernandes
O declínio demográfico e consequente desertificação , conduziram ao desaparecimento de importantes propriedades agrícolas, algumas de origem feudal,onde gerações de caseiros constituíram familia, e com trabalho árduo contribuíram para abastança dos donos da terra. A cerca de três quilómetros do centro da Vila de Pampilhosa da Serra, existiu até aos anos setenta do século passado , opulenta Quinta das Relvas Velhas.Situada ao fundo da aldeia de Moradias,  (...)
15.Jul.19

FACTO INÉDITO DA HISTÓRIA DA VILA

Júlio Cortez Fernandes
Numa das minhas investigações recentes, deparei com documentação inédita que permite afirmar, antes do incêndio de 1907 que a destruiu quase completamente  a igreja matriz da Vila de Pampilhosa da Serra, não dispunha de " adro ". Vem a propósito actualmente o edifício e envolvente do templo , passam por algumas obras de conservação e restauro.Como sabemos a porta principal da matriz,guarnecida de avantajadas portas em madeira de castanho, tem a inscrição 1911.A entrada (...)
13.Jun.19

TESOURO ESCONDIDO DA VILA

Júlio Cortez Fernandes
Dia de Santo António, recordo com maior acuidade meu falecido pai toda a gente do seu tempo conhecia por António Carloto, apelido que recebera do meu saudoso avô João Carloto. Ti João Carloto, durante décadas foi caseiro da propriedade dos " Lodeiros " ,pertença do seu compadre António Nunes, padrinho de meu pai ; António Nunes popularmente " o Manco " por coxear bastante. Voltemos aos Lodeiros, seguindo a levada que rega a " fazenda ", frente ao antigo moinho da gola, existe (...)
04.Jun.19

AS HORTAS DE GENTE DA VILA - " VAL DUCE "

Júlio Cortez Fernandes
 Saindo da Vila pelo caminho conhecido por estrada do  Pombal , transposta  a ponte de " entre as águas ",  rumando ao  Vale Cadavoso, passado  sitio do Mesinho ou Meizinho,situado na encosta da margem esquerda da Ribeira da Pampilhosa, em frente da horta do Cortigo,  pouco antes da das  Covancas, deparamos com a horta , do Val Duce. O nome correcto é Vale de Urze,  por defeito de pronuncia resultou na denominação actual.  Vale de Urze ,  era local aonde se podia roçar (...)
20.Mai.19

HORTAS DA VILA - " PRAIA DA CADELA "

Júlio Cortez Fernandes
 Arrabalde da Vila de Pampilhosa da Serra , no antigo caminho na direcção da aldeia da Póvoa, rodeando a quinta de São Silvestre ,  seguindo a " levada " que aduzia água da Ribeira da Póvoa, para regar aquela quinta, havia  sitio denominado , " Praia da Cadela" onde os habitantes do burgo se deslocavam para recolher lenha e pinhas destinadas as " fogueiras " domésticas, A grosso modo a " praia " situava-se na encosta seguinte onde fica  estádio Municipal da Pampilhosa. O (...)
12.Mai.19

PERCURSO FORA DAS "ROTAS" - CAMINHO DA VILA AOS COVÕES II

Júlio Cortez Fernandes
No apontamento anterior , " descansamos  nas alminhas de Vale Covo sitio emblemático da Freguesia de Pampilhosa da Serra; retomamos  caminho, direcção a sudoeste, a meio da encosta, agora em Maio apesar do incêndio , coberta de estevas floridas. Do carreiro avistamos a outra margem da Ribeira, com empinada lomba,onde outrora ,brinquei em denso pinhal, de árvores de grande porte , o pinhal da Ribeira , o mais produtivo destas paragens,  pouco adiante , ficavam os castanheiros do (...)
09.Abr.19

PERCURSO FORA DAS "ROTAS" - CAMINHO DA VILA AOS COVÕES

Júlio Cortez Fernandes
Surgiram há tempos alguns desdobráveis, com sugestões para quem goste de percorrer a pé, sítios e paisagens do território das montanhas da Pampilhosa que de outro modo, estão ainda inacessíveis. Sem tecer qualquer apreciação, acerca de tais "conselhos", vou oferecer aos meus leitores, um percurso  na minha opinião, proporciona deslumbrantes paisagens e sensações de lonjura e quietude adequadas a meditação que emana da atmosfera melancólica das lombas "cobertas" de (...)
04.Abr.19

HORTAS DA VILA - BOGUELA " ALFOBRE " e SONHO

Júlio Cortez Fernandes
A Boguela nome de " horta " situada pouco adiante da antiga ponte da Ribeira de Moninho, no antigo percurso para os Sobrais  de Baixo e de Cima, seguindo ao longo da Ribeira da Pampilhosa, desde a  " Foz da Moira " , ou " Fordamoira " como se pronunciava. As terras da Boguela , ficavam numa ladeira tão empinada que parecia impossível , construir-se ali qualquer " batoréu", por isso , foi deixado aos pobres sem terra , a possibilidade de tentarem arranjar ali qualquer fonte de " (...)
03.Mar.19

HORTAS DE GENTE DA VILA - Lembranças de um " puto "

Júlio Cortez Fernandes
Quase certo , todos dias a qualquer hora, e mesmo de noite , escutava-se  nos recantos da Pampilhosa, " vou a horta... ou está para a horta ". A horta leiras minúsculas alfobres , chãs, " batoréus".balseiras.  denominações , de terrunhos , onde se cultivavam primores para casa , couves , batatas , feijão. ervilhas , milho, enfim o necessário a alimentação frugal dos patrícios e tambem erva para o gado , quase todo caprino , e   botelhas alguns dizem " abóboras",  para (...)