Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

aguadouro

Pampilhosa da Serra - Roteiro dum "futrica"

21.Jan.23

ESTÁS LÁ PAMPILHOSA ? DAQUI LISBOA...

Júlio Cortez Fernandes
Efeméride relevante na história contemporânea da vila de Pampilhosa da Serra, ocorre este ano. Completam-se agora noventa anos de um acontecimento iria marcar o quotidiano das gentes da vila e do concelho. Dia 15 de Agosto de 1933, a praça da vila defronte a Camara Municipal,pelas 3 horas da tarde,estava apinhada de gente do povo. Enquanto isso no interior do edifico camarário onde se encontravam, presidente da comissão administrativa municipal do concelho, Hermano Nunes de (...)
31.Dez.22

VISITA DE "MÉDICO" A UMA ALDEIA SERRANA

Júlio Cortez Fernandes
Dia friorento de Fevereiro na pacatez da vila de Pampilhosa da Serra, meio da manhã dois amigos em amena cavaqueira foram surpreendidos com a paragem de um veiculo automóvel, um jeep. Assomando a janela, o condutor na circunstancia o médico municipal , lançou repto " querem ir até as Meãs?, tenho de lá ir dar consulta".  Não se fizeram rogados os conversadores, sem demora lá partiram os tres, rumo aquela aldeia. Um dos participantes, deixou curiosa descrição dessa visita (...)
22.Dez.22

POVO LEVOU A MELHOR

Júlio Cortez Fernandes
No próximo ano vão cumprir-se 80 anos que na vila ocorreu acontecimento que deixou marca na história do burgo. Nesse tempo as relações entre o Pároco da freguesia e sociedade profana,não seriam lá muito cordiais. O reverendo a época, Monsenhor Américo Braz da Costa,estipulou   os organizadores da festa anual da terra, não teriam a colaboração da paróquia . A mocidade daquele tempo não se intimidou, e mesmo com a animosidade paroquial, decidiram organizar o 15 de Agosto, (...)
13.Nov.22

NOSSO SAUDOSO 15 DE AGOSTO A FESTA DA VILA

Júlio Cortez Fernandes
Como complemento do anterior apontamento publicado acerca da temática do titulo,deixamos  texto completo das cantigas publicadas no  JORNAL DE ARGANIL de Agosto de 1943, enviadas da Pampilhosa por Dionísio Mendes ( Faz Barulho) colaborador daquele periódico. Com muita saudade aqui vai... 
07.Nov.22

O MEU COMANDANTE

Júlio Cortez Fernandes
Posso afirmar ao longo da vida tive ensejo conhecer pessoas das quais guardo gratas recordações, algumas dessas eram conterrâneos naturais da Vila . Durante o serviço militar, pertencia ao Regimento de Serviço de Saúde (RSS), aquartelado em Coimbra.no entanto estive quase sempre destacado no Hospital Militar Principal (HMP), ao Largo da Estrela em Lisboa.   Em Novembro de 1969, com a patente de Tenente Coronel foi nomeado comandante daquela unidade militar, ilustre Pampilhosense (...)
08.Ago.22

QUERIDO 15 DE AGOSTO - LEMBRANÇAS

Júlio Cortez Fernandes
Nos tempos idos da nossa infância e juventude,quando surgia no primeiro de Agosto  uma alta vara de pinho galhardamente erigida no antigo largo do mercado, no cimo da qual passava a tremular singela bandeira, significava nesse ano teríamos, festas na vila, o15 de Agosto. A festa era  idealizada e realizada por comissão formada entre pessoas da Vila,normalmente, mocidade e adultos jovens. Os primeiros festejos com esta designação surgiram em 1920, quando ilustre benemérito Artur (...)
24.Jul.22

FILARMÓNICA PAMPILHOSENSE

Júlio Cortez Fernandes
Em 2017 escrevi neste espaço, a "musica da Vila ",nome atribuído pelo povo a Filarmónica,deveria ter surgido por volta de 1863. Não ligaram ao que divulguei,e até recentemente, houve concerto,  comemorativo dos 300 anos da Associação. Não me importo que não gostem de mim, nem do que vou divulgando acerca da terra onde nasci e passei a infância. Não posso pactuar com inverdades.Consultando, Jornal a Comarca de Arganil de inicio de Agosto de 1943, o saudoso Padre José Vicente, (...)
06.Jul.22

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO

Júlio Cortez Fernandes
Quinta feira dia 6 de Julho 1922,nasceu na freguesia da vila de Pampilhosa da Serra, nosso saudoso pai, a quem por baptismo deram nome António,sendo conhecido, pela gentes da terra por Antonio Carloto,apelido de seu pai, pampilhosense muito querido João Carloto. O derradeiro aniversário meu pai, celebrou na vida presente,faz hoje 30 anos, passamos os dois em alegre confraternização,sem qualquer noção seria, infelizmente a ultima, porque sem que nada fizesse prever partiu para (...)
25.Jun.22

ALEGRIA FUGAZ

Júlio Cortez Fernandes
Nos idos do já distante ano de 1931,sexta-feira, 4 Dezembro,segundo semanário Jornal de Arganil,uma camioneta de carga,em serviço nas obras da nova estrada em construção, partindo de Tábua arribou pela primeira vez a Pampilhosa,utilizando a via prestes  ser concluída. O correspondente do Jornal na Pampilhosa nosso saudoso conterrâneo, Dionísio Mendes,  que assinava as crónicas, com pseudónimo de FAZ BARULHO, proclamava.  "alegrem-se pampilhosenses que temos a nossa terra (...)
05.Jun.22

SITIO DE ONDE SE AVISTA UNICAMENTE A VILA

Júlio Cortez Fernandes
As montanhas da Pampilhosa são formadas por lombas e cerros elevados do cimo dos quais se podem admirar panoramas de beleza  deslumbrante. Miradouros são numerosos,e não vou discorrer acerca deles,neste apontamento.De todos eles,é possível avistar mais de que uma povoação. De todos não, existe um cujo horizonte é todo prreenchido pelo casario da vila. No cimo do antigo caminho para a quinta da Feteira, pela lomba da sorte dos Silvas,bem acima da capela dedicada a São (...)